sexta-feira, 22 de junho de 2007

CASSIANO RICARDO: O POETA VERDE-AMARELO

Cassiano Ricardo
São José dos Campos 1895 – Rio de Janeiro 1974)
Poeta, ensaísta e jornalista paulista





Relâmpago


A onça pintada saltou tronco acima que nem um relâmpago
de rabo comprido e cabeça amarela:
Zás!
Mas uma flecha ainda mais rápida que o relâmpago fez
rolar ali mesmo
Aquele matinal gatão elétrico e bigodudo
Que ficou estendido no chão feito um fruto de cor
que tivesse caído de uma árvore!


Nenhum comentário: