terça-feira, 3 de julho de 2007

AGOSTINHO NETO: O LIBERTADOR DE ANGOLA


Agostinho Neto
Vila Catete, município de Icolo e Bengo 1922 – Moscou 1979
Poeta e político angolano

Voz do sangue

Palpitam-me
os sons do batuque
e os ritmos melancólicos do blue
Ó negro esfarrapado do Harlem
ó dançarino de Chicago
ó negro servidor do South
Ó negro de África
negros de todo o mundo
eu junto ao vosso canto
a minha pobre voz
os meus humildes ritmos.
Eu vos acompanho
pelas emaranhadas áfricas
do nosso Rumo

Eu vos sinto
negros de todo o mundo
eu vivo a vossa Dor
meus irmãos.

Nenhum comentário: