sexta-feira, 28 de setembro de 2007

BORIS PASTERNAK E A POESIA DO LESTE EUROPEU


Boris Pasternak

(Moscou 1890- Peredelkino1960)

Poeta e romancista russo

O DOM DA POESIA

Deixa a palavra escorregar,
Como um jardim o âmbar e a cidra,
Magnânimo e distraído,
Devagar, devagar, devagar.

Tradução de Augusto de Campos

Nenhum comentário: