sexta-feira, 14 de setembro de 2007

O POÉTICO MINICONTO DE JORGE TIMOSSI


Jorge Timossi
Buenos Aires 1936
Poeta, contista e jornalista cubano nascido na Argentina

migração

O funcionário da alfândega abriu a maleta de couro gasto, comprovou que aquele imigrante levava apenas sua pesada tragédia pessoal, fechou-a com muito cuidado e murmurou, como se não se referisse a ninguém em particular: "Passe, de qualquer maneira acho que não vai lhe ser de nenhuma utilidade."

Nenhum comentário: