terça-feira, 9 de outubro de 2007

ADEMIR DEMARCHI: UM POETA DAS BANDAS DO SUL


ADEMIR DEMARCHI
Maringá 1960
Poeta, ensaísta e jornalista paranaense

O Ciclone de Théophile

O ciclone embora Théophile lhe seja surdo
Também ameaça-me os camafeus
Assim mesmo porém o amo
Terrificante e belo a espiralar-me o
peito
Em sua sina de profícuo signo
Lar agradável, oásis da pira arte
A anular todas as coisas vis
Apesar das quais a palavra arde.

Nenhum comentário: