segunda-feira, 1 de outubro de 2007

O DIÁRIO DOS PENSADORES - PÁGINA 11

Quando não sabe o que está fazendo, o pintor faz coisas boas.
- Edgar Degas (Paris 1834 – Idem 1917) pintor, gravador e escultor francês

Poesia é poder. Só em nosso país se fuzila um homem por causa de um verso.
- Ossip Mendelstam (Warschau 1891 - Wladiwostock 1938) poeta russo

Escrevo para descobrir o que estou escrevendo.
- E. L. Doctorow (Nova York 1931) ensaísta americano

As idéias: há que vivê-las.
- André Malraux (Paris 1901 - Verrières-le-Buisson 1976) romancista e ensaísta francês

Há grande demanda, hoje, de pessoas que façam o errado parecer certo.
- Terêncio (Cartago 195 – Idem 159 a C.) dramaturgo romano nascido em Cartago

O absurdo é o sal da vida.
- Ledo Ivo (Maceió 1924) poeta, romancista e cronista alagoano

A morte não existe quando se cumpriu bem a obra da vida: transforma-se em pó o crânio pensador; mas vivem perpetuamente e frutificam os pensamentos que nele se elaboraram.
- José Marti (Havana 1853 – Dos Rios 1895) poeta, ensaísta e jornalista cubano

A grande maioria das pessoas só trabalha quando a necessidade as obrigam a isso.
- Karl Marx (Trier 1818 – Londres 1883) economista, político, filósofo e ensaísta alemão

A repetição destrói qualquer prazer: gastronômico ou sexual.
- Archibald Joseph Cronin (Cardross 1896 – Montreux, Suíça 1981) médico e novelista escocês

O jornalismo permite aos leitores testemunharem a história. A ficção permite que a vivam.
- John Hersey (Tientsin 1914– Key West, EUA, 1993) novelista e jornalista americano nascido na China

As únicas armas que funcionam contra idéias ruins, são idéias melhores.
- Alfred Whitney Griswold (Morristown 1906 - New Haven 1963) pedagogo e historiador americano


Nenhum comentário: