segunda-feira, 7 de janeiro de 2008

HECATOMBE

Enzo Carlo Barrocco


Sinceramente, sinceramente o que virá
depois destes tempos pavorosos,
possa ser outros tempos pavorosos,
a paisagem coberta de fuligem.

Ou, quem sabe, virá depois de tudo
a morte dos rios, dos igapós, dos animais.

O ceticismo impede-me à paz,
os olhos vermelhos do futuro
põem-me às mãos estes versos estúpidos;
nossos pés queimarão sobre o inferno.


Nenhum comentário: