segunda-feira, 17 de março de 2008

VÂNDALOS NOTURNOS

Enzo Carlo Barrocco










 
















Os grilos infernizam a noite
com seus violinos enfadonhos;
orquestras insuportáveis nos beirais das casas.

Bêbados inconsequentes
que saem pela madrugada
tocando suas tediosas e análogas melodias.

Quantas estrelas, vândalos noturnos,
aborrecidas por canções tão ásperas
precipitam-se desesperadas contra o mar.


 

Nenhum comentário: