quinta-feira, 14 de agosto de 2008

O MINICONTO MEXICANO POR JUAN JOSE ARREOLA


Juan Jose Arreola
(Ciudad Guzmán 1918 – Guadalajara 2001)
Contista, novelista, romancista, dramaturgo e ensaísta mexicano


CONTO DE HORROR

A mulher que amei se transformou em fantasma. Eu sou o lugar das aparições.

Nenhum comentário: