terça-feira, 19 de agosto de 2008

A POESIA AGUÇADA DE R. LEONTINO FILHO


R. Leontino Filho
(Aracati 1961)
Poeta cearense

Companhia

aonde quer que eu vá
a tua febre me comanda
cuidado
apenas mais um hábito
o bom nesta parceria
é o durante
o ninho desmantelado
a vertigem
aonde quer que eu vá
a tua umidade me habita
atenção
apenas mais uma inundação
o bom nesta entrega
é o pouso
aonde quer que eu vá
o teu ato é o meu
e somos
a cálida nascente.

Nenhum comentário: