quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

MEU IRMÃO FOI EMBORA DE CASA

Enzo Carlo Barrocco




Então foi assim:
o mano abriu a porta e foi embora.
Não te preocupa, o mano vai voltar!
Não se dá mais carona nas estradas
e as suas roupas certamente puirão.

A fome pavorosa
surgirá sob o sol do meio-dia,
e a fome é a pior das necessidades.
O mano não vai agüentar
acostumado com “Romeu e Julieta” depois do almoço.

Espera! Hoje mesmo o mano voltará
Com a cara fechada e sua fome maior.

Um comentário:

morenocris disse...

até que enfim... rsrs

beijinhos.