quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

QUANDO FOR SETEMBRO

Enzo Carlo Barrocco



Quando for setembro
o vento investirá seus anjos invisíveis
sobre o terreiro varrido.

A poeira, por conta disso,
brincará entre seus dedos.
Um pilão à sombra da casa.

Agora mesmo, para os lados do açude,
o vento de há pouco,
agita os cabelos do milharal.

Nenhum comentário: