quarta-feira, 8 de julho de 2009

A AGUÇADA POESIA DE WILMAR SILVA


Wilmar Silva

(Rio Paranaíba 1965)

Poeta, ator e dramaturgo mineiro


pardal de rapina


redivivo pardal de rapina
enterro entre ervas e árvore
medra o piar da coruja
preso em meus ouvidos

cortado pelo sol da tarde
penas misturadas de terra
congelam em mim o sangue

o ópio
a água
o éter



Nenhum comentário: