terça-feira, 11 de maio de 2010

A POESIA AUSTRÍACA DE GEORG TRAKL


O POETA

Georg Trakl poeta austríaco (Salzburgo 1887 – Cracóvia, Polônia 1914), é um dos mais importantes nomes da poesia de língua alemã do século XX. O verso atormentado de Trakl é a sua principal característica. Ao longo de sua vida nutriu paixão incestuosa pela irmã. O poeta serviu no front em Grodek, durante a I Guerra Mundial, fato que o levou ao suicídio por overdose de cocaína, em 1914.





O POEMA


Na Primavera

Suave cede a neve aos passos escuros
À sombra da árvore

Erguem-se as róseas pálpebras dos amantes.

Aos obscuros chamados dos barqueiros seguem
Estrela e noite;
E os remos batem macio em sua cadência.

Logo florescem no muro arruinado

As violetas,
Surdamente verdeja a fronte do solitário.



Nenhum comentário: