quinta-feira, 17 de março de 2011

LUAS DE AJURUTEUA - CANTO Nº 09

Enzo Carlo Barrocco


O SORRISO DE MARIA
Eram seis horas da tarde
Que, belíssima, morria;
Surgiu na paisagem gris     
O sorriso de Maria.

TRABALHO INFANTIL
São quatro crianças sujas
Que num sol de meio-dia,
Sob olhares adultos,
Lidam à carvoaria.

VESTIBULAR PRA BANDIDO
Diego mechou de louro
o seu cabelo horrendo,

Vestibular pra bandido
Por certo ele está fazendo. 


GRETA E GRELO
Que negra linda a Janice,
Estrogênio em desabrocho;
A greta uma berinjela,
O grelo todinho roxo.

DEFESA PARA A TROVA ACIMA
Não há nada nessa trova
Que perturbe a sua fé;
“Greta” não é palavrão,
E “grelo” também não é.




Nenhum comentário: