quarta-feira, 1 de junho de 2011

OCORRÊNCIA

Enzo Carlo Barrocco



penso num objeto inalcançável
o que sinto agora
é um ilusão

dinheiro que não se pode impetrar
apenas o fundo da memória
apenas este silêncio entrecortado

por uma música distante
há um anseio
pela ocorrência  imediata


Nenhum comentário: