quarta-feira, 3 de agosto de 2011

FLORES DE TRACUATEUA – CANTO Nº 10

Enzo Carlo Barrocco


OUTRAS NAVEGAÇÕES
O céu não pertence às aves
Há outras navegações,
O céu diz respeito às naves,
Helicópteros, aviões.

A TARDE DO ITUQUARA 
Uma sombra de mangueira,
A tarde corre tranqüila,
A rede espreguiçadeira -
Nenhum rumor pela vila.

O HOMEM PETRIFICADO
Pensativo e sem resposta
Lauro Sodré, em São Braz:
Como uma moça de costa
Subiu na coluna atrás?

CREPÚSCULO
Um sol púrpuro mergulha
Num horizonte magento,
O clarão de uma  fagulha,
Nuvens a sotavento.

A MORTE DO ALCOÓLATRA
Nonato morreu sozinho
Num casebre à invasão,
O alcoolismo é um caminho
Sem retorno e sem perdão.

Nenhum comentário: