quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

PÉROLAS DE CARANANDUBA - CANTO Nº 11



Enzo Carlo Barrocco

A ALMA DE ILINALVA

Que tua alma Ilinalva
tenha ainda salvação,
que o corpo, da podridão,
esse daí não se salva.


DESMANDOS MUNICIPAIS

A rua, não obstante,
toda a precariedade
traz à luz da realidade
o caos dos bairros distantes.


A ALEGRIA TE CONFORTA

O universo não se importa
com a tua situação,
eleva teu coração
que a alegria te conforta.


OS ESPÍRITOS DAS FLORESTAS

Igapós silenciosos,
é meio-dia em ponto,
a hora certa do encontro
dos seres misteriosos.


ALGUMAS NOTÍCIAS MINHAS

Comigo vai tudo bem,
como posso vou vivendo,
trabalhando, escrevendo
sem prejudicar ninguém.

Nenhum comentário: