sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

A TRAVESSIA

Enzo Carlo Barrocco

















Não te preocupa que a travessia é calma,
o barqueiro em pé na popa do “casco”
é experiente.

Embora estejamos em janeiro
o rio é estreito,
como podes notar.
Em três minutos estaremos do outro lado.

Um homem esguio na outra margem
aguarda.
Um chapéu na mão e um guarda-sol na outra,
impacientemente.

O céu se tolda e o tempo urge,
apressemo-nos, portanto,
que pelo outro lado ainda se anda a pé.


Nenhum comentário: