sexta-feira, 2 de março de 2012

MIRNA GLEICH - O POEMA E A POETA



O POEMA 
NUVENS

Tinha nuvens nos olhos

Tocou de leve em meus cabelos
Roçou-me as faces e os lábios
Falou de passado e areia
Tinha nuvens nos olhos
Cingiu-me a mão com sua mão macia
No horizonte fez surgir um cavalo alado e branco
E então eu
- há tanto tempo adormecida
vesti minha nudez
com as nuvens que toldavam seus olhos

E já não havia mais nuvens

nos olhos dele.


A POETA

Mirna Gleich (São Paulo 1943) poeta, jornalista e escritora de livros infanto-juvenis paulista é autora de 30 livros desta categoria com um total de mais de 950 mil volumes editados. Dois dos seus livros receberam o Prêmio Jabuti: “As Muitas Mães de Ariel” e “Carta Errante, Avó Atrapalhada, Menina Aniversariante”.
 Desde 1996 faz a coordenação editorial da Editora Nobel onde trabalha.


Nenhum comentário: