sexta-feira, 3 de outubro de 2014

CONSIDERAÇÕES SOBRE UMA TARDE



Enzo Carlo Barrocco




















Uns pássaros, ainda,
cortam

o crepúsculo.

A tarde termina

em feliz desespero.



Nuvens lilases se postam;

o silêncio

subjuga a paisagem;

o sol submerge 

num precipício de sombras.

Nenhum comentário: