terça-feira, 27 de outubro de 2015

CAJU

Enzo Carlo Barrocco




















Que o caju acaso
caia
seja um caso calculado.
Castanha, paçoca e polpa.

Flor, inseto e pólen,
o poder
da floração
da estação, do êxtase.

O verão se arma
de colheita
e de cigarra,
de flora, flor e fruto. 
 




Nenhum comentário: