sexta-feira, 7 de novembro de 2008

BORBOLETÁRIO


Enzo Carlo Barrocco




Borboletinhas todas verdinhas,
do outro lado
borboletas médias sobre as dálias,
as açucenas e outras flores;
grandes olhos nas asas enormes
de outras maiores.

O vôo instável de uma ponta a outra
de mais duas belas e amarelinhas.
Alegre, vivo, interessante, vário
o espaço mágico do borboletário.



Nenhum comentário: