sexta-feira, 10 de outubro de 2008

LUAS DE AJURUTEUA - Canto nº 5

Enzo Carlo Barrocco


TRAMAMBÁ


Logo que o dia desponta

nas matas do Tramambá,

a natureza se mostra,

coisa mais linda não há!



O TEU NOME


Se vivo hoje escrevendo

teu nome (alumbramento)

é que não consigo esquecê-lo

nem sequer por um momento.



ÓCIO


As nuvens pairam pesadas,

a chuva se anuncia,

que bom que seja domingo

não trabalho nesse dia!



POR UM SIMPLES E INESTIMÁVEL OLHAR


No jardim da minha casa

crescem linda magnólias,

mas nada disso me vale

se passas e não me olhas.



NOITE FASCINANTE


A lua se apodera

de uma noite fascinante;

saímos, pois, para a rua

e a minha amante.



Nenhum comentário: