quarta-feira, 3 de março de 2010

O AMANTE


Enzo Carlo Barrocco





Quando conheci Quintana

foi paixão desenfreada,

não levou uma semana,

uma semana de nada,

para que, incontinente,

e não foi por sua fama,

que eu o levasse diretamente

ao fulgor da minha cama.


Desde aquele belo dia

estamos morando juntos,

falamos de poesia

e vários outros assuntos.

Sou feliz eu é que sei,

tenho minha vida plana

desde que me apaixonei

pelo adorável Quintana.



Nenhum comentário: