terça-feira, 9 de agosto de 2011

LUAS DE AJURUTEUA - CANTO Nº 10



Enzo Carlo Barrocco

FINAL DE UM LINDO DIA

Pousa uma garça ligeira
No topo da galharia,
O mangal empardecendo,
Final de um lindo dia.


PERFUME DE MUITAS ROSAS

Assim como a lua cheia
Nasce nas noites morosas,
Surges bela pela porta;
Perfume de muitas rosas.


CAMINHOS LARGOS

Não abandona tua fé
Embora tenhas sofrido;
Evite os caminhos largos
Podem ter cacos de vidro.


SOMOS O QUE NÃO PARECEMOS

Dentro de cada vivente
Uma fera se agiganta
E pode a qualquer momento
Saltar na tua garganta.


FOGO ETERNO

Esta trova tão malfeita
Não deixa verdade alguma;
Quem sabe no fogo eterno
O trovador se consuma. 


Nenhum comentário: