segunda-feira, 22 de julho de 2013

J. G. DE ARAÚJO JORGE: UM ROMÂNTICO DO SÉCULO XX


O POEMA...


DEDICATÓRIA


Este meu livro é todo teu, repara
que ele traduz em sua humilde glória
verso por verso, a estranha trajetória
desta nossa afeição ciumenta e rara!

Beijos! Saudades! Sonhos! Nem notara
tanta cousa afinal na nossa história...
E este verso - é a feliz dedicatória...
onde a minha alma inteira se declara...

Abre este livro... E encontrarás então
teu coração, de amor, rindo e cantando,
cantando e rindo com o meu coração...

E se o leres mais alto, quando a sós,
é como se estivesses me escutando
falar de amor com a tua própria voz!


...E O POETA










José Guilherme de Araújo Jorge (Tarauacá 1914 – Rio de Janeiro 1987) poeta e político acreano,  um dos maiores escritores brasileiros que, momentaneamente,  está esquecido pela mídia, exerceu várias funções durante sua vida. Foi locutor e redator de programas de rádio, professor de História e Literatura no Colégio D. Pedro II no Rio, candidato a vários cargos públicos, inclusive elegendo-se deputado por três legislaturas,  chegando a exercer a liderança o antigo MDB. Araújo era conhecido como o poeta do povo e da mocidade pela sua mensagem social e política e pela sua obra  puramente lírica, eivada  de romantismo . Autor de vasta obra literária (36 livros) sendo, em vida, um incansável divulgador da poesia.



  


Nenhum comentário: