quarta-feira, 7 de janeiro de 2009

BORBOLETAS DE MOIRABA - Canto n° 3

Enzo Carlos Barrocco


SÁBADO NENHUM

Passa o tempo e sem remédio
para acabar com o meu tédio,
pois este sábado morno
só me serve como adorno


FLORES DE LUZ

São flores harmoniosas
as estrelas, lindas rosas,
que no fundo azul do universo
dão vida ao meu falho verso.


RESSAIBO

Tenho notado teu riso
branco, pálido, conciso...
É a acre melancolia
que incorporas dia-a-dia.


TROVA NOTURNA

Cresce a lua; e a madrugada
nos meus olhos ancorada;
grafite, versos, papel...
Porto sem mar e sem céu.


OS MAIS BELOS SEGREDOS

A semente tem segredos,
os mais belos dos segredos;
o parto se vê no fruto,
a dor minuto a minuto.

Nenhum comentário: