quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

GEOMETRIA



Enzo Carlo Barrocco




Pouca luz
assoma a tua sombra
em mim.
A mão, lua-mão,
encontra a minha mão.
No mais, amor,
desejo a sombra que a pouca luz assoma.

Nem ouso o sensual
já que teu sorriso é geométrico e fatal.


 

Nenhum comentário: